Estresse e imunidade: como esses dois fatores se relacionam?



Novas descobertas científicas sobre o funcionamento do nosso organismo são apresentadas constantemente. Os efeitos do estresse é uma delas. Embora seja pauta de diversos temas, o estresse frequentemente é visto como um vilão. Mas, antes de tudo, é uma resposta biológica do corpo, ou seja, uma reação natural do organismo.Sobretudo, quando estresse e imunidade se relacionam, problemas de saúde podem aparecer.


No princípio da evolução humana, o estresse era uma reação de defesa, essencial ao corpo para enfrentar situações de perigo. Fugir de animais, manter-se atento e ser ágil, eram alguns dos efeitos positivos causados pelo estresse. Ele libera adrenalina para o coração, e cortisol, que aporta energia para os músculos. Assim, o indivíduo tinha mais chances de sobreviver.


No entanto, o estresse que que o ser humano vivenciava antigamente, já não se configura da mesma maneira. Nossas preocupações atuais são baseada em tensões no trabalho, a demora no trânsito, problemas pessoais e cobranças de todas as partes. Sendo assim, a relação do indivíduo com suas preocupações são um estresse contínuo. Esse estado afeta nosso sistema imunológico e nos torna mais suscetíveis a doenças. Siga a leitura para entender como estresse e umidade estão ligados.


COMO ESTRESSE E IMUNIDADE AFETAM A QUALIDADE DE VIDA

Apesar dos estudos sobre estresse e imunidade ainda não serem totalmente conclusivos, algumas respostas nos dão as pistas. Viver em constante estresse implica na liberação de cortisol e adrenalina, e o excesso desses hormônios desequilibra o sistema imunológico. Na prática, eles inibem as células do sistema imune.


Sendo assim, ao experimentar no exterior situações de estresse de diferentes níveis e a todo momento, o corpo relaxa suas defesas. Dessa forma, o indivíduo fica mais suscetível a enfermidades, sem contar com a mesma velocidade de resposta que tinha antes. Além disso, o corpo também gasta mais energia esperando por uma ameaça que nunca chega e, além de impactar o sistema imunológico, pode trazer outros problemas, chegando até mesmo a prejudicar a saúde do couro cabeludo.


ESTADO NATURAL

Ao compreender como estresse e imunidade atuam no corpo, é preciso ressaltar que o estresse em quantidades normais, traz benefícios. O indivíduo se sente mais capaz de enfrentar as pressões do dia a dia, consegue solucionar com rapidez problemas, e sabe lidar melhor com as adversidades.


Portanto, o problema está quando a tensão se torna uma constante, os músculos ficam mais tempo retraídos, os batimentos cardíacos estão sempre rápidos. Viver nessa situação faz com que o corpo se acostume e passe a considerar esse, como seu estado natural. Assim, o estresse se torna crônico e o corpo já não possui as mesmas habilidades para enfrentar possíveis invasores, conhecidos como antígenos.


MEDIDAS PARA DIMINUIR O ESTRESSE

Uma vida mais saudável depende de uma resposta imune rápida e eficaz. Para isso, é necessário que os níveis de estresse e sua consequente produção de hormônios esteja em níveis adequados. Dessa forma, reduzir o estresse e aumentar as defesas naturais do organismo, podem ser conquistados se houver um maior esforço em melhorar os hábitos de vida.


Entre eles, dormir melhor, evitar o consumo de álcool, cigarro e outras drogas, praticar exercícios físicos, ter uma alimentação balanceada e valorizar os momentos de bem-estar. Além disso, também é interessante desenvolver a inteligência emocional. O termo consiste em saber lidar com a nossa saúde mental: nossas emoções e as dos outros, de maneira que saibamos nos comunicar.

0 visualização
KANSLA
EXPERIÊNCIA
SIGA-NOS
ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© 2020 - Kansla Brasil - Você 100%! Todos os direitos reservados.

NP NUTRACÊUTICOS LTDA.
Quadra 33, Lote 11, Sala 2 – Parque Esplanada III – CEP: 72.876-333 | Valparaíso-GO
Telefones: (61) 3349-9596 / (61) 992952176

0